Esta é uma publicação mensal da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Urbano que traz a público, pela internet, análises sintéticas sobre um leque de temas variados, de interesse para a cidade de São Paulo. São estudos elaborados sobre dados demográficos, sociais, econômicos, de uso do solo, sempre sob a ótica da dimensão territorial, ou seja, da manifestação desses temas no espaço urbano.

Centro de São Paulo atrai empreendimentos imobiliários residenciais

17.05.2018

Geoinfo publicou um novo Informe Urbano, dessa vez sobre as tendências de localização dos lançamentos imobiliários residenciais verticais no município de São Paulo, com base nos dados da Embraesp.

O estudo apontou que os empreendimentos lançados entre 1997 e 2006 estiveram concentrados no vetor sudoeste da cidade, onde reside a população com maior renda. Já no período de 2007 a 2016 as maiores concentrações localizaram-se em áreas contiguas às anteriormente privilegiadas por tais empreendimentos, mas caracterizadas por abrigarem população com menor rendimento médio.

Nesse novo período, a região central da cidade passou a ser um dos principais polos de atração para os lançamentos imobiliários e a Prefeitura Regional da Sé apresentou o maior crescimento absoluto em relação ao total de unidades residenciais lançadas (acréscimo de 57% em relação à década anterior). Esta oferta expressiva de apartamentos em uma região da cidade que por um longo período mostrou perda de população pode ser um fator de impulso à tendência de repovoamento do centro, que já havia sido apontada no censo demográfico do IBGE de 2010.


  • Visualizar PDF